ARTISTAS / DITCH DAYS


Ditch Days nasce do desejo de dar forma ao imaginário de Guilherme Correia, José Crespo, Luís Medeiros e Rafael Traquino. É numa toalha estendida na areia de uma qualquer praia californiana, durante a exibição ao ar livre de um qualquer filme de cinema dos anos 90, que surgem as melodias dreamy e indie da banda lisboeta.

 

Os dias quentes e soalheiros, vazios de responsabilidades, fruto de uma despreocupação saudável tipicamente adolescente, são o ponto de partida. A necessidade de juntar referências e de pintar paisagens onde os elementos mais exóticos co-existem com naturalidade junto de cenários urbanos, encarrega-se do resto. O resultado são canções com um apurado sentido pop, carregadas de reverb e fuzz e sustentadas por linhas de baixo preocupadas em ficar no ouvido, teclados maviosos e samples emprestados de filmes e séries antigas.

 

Uma viagem de bicicleta sem destino final é o pano de fundo para “Melbourne”, o single de estreia. Um olhar de fora, ao passeio despreocupado de uma rapariga e do seu cão enquanto perseguem o sol, interagindo com o meio que os rodeia. A praia, o horizonte rasgado e a natureza ociosa juntam-se para montar o cenário nostálgico do tema de apresentação de Ditch Days.