ARTISTAS / JOANA BARRA VAZ


Joana Barra Vaz divide o seu tempo entre a realização e a música.

Desde o lançamento de “Passeio Pelo Trilho”, em 2012, apresentou-se ao vivo, em vários cafés-concerto e pequenas salas pelo país, no Coreto do Jardim da Estrela com um coro de 220 alunos do ensino básico, ganhando o segundo lugar no Festival Termómetro em 2013 e terminando, em 2014, no Jardim de Inverno do S. Luiz, a convite de Sérgio Godinho no espectáculo “Liberdade”.

“Mergulho em Loba” existe num universo entre o folk e a electrónica. Um disco criado como uma viagem sonora, escrito em português, com canções que se sobressaltam sem paragens, convidando o ouvinte a fazer essa viagem. Conta para isso com o acompanhamento constante de um coro, de sopros e de cordas, e de pontuais incursões na pop electrónica contemporânea que conduzem as canções e as fazem gingar, assumindo a inspiração de “Fura Fura” de Zeca Afonso, da viagem entre géneros do álbum branco dos Beatles, das harmonias luminosas de Beach Boys, da festa de “Graceland” de Paul Simon, da dança de LCD Soundsystem ou do tropicalismo brasileiro.

O álbum conta com a colaboração de um colectivo de músicos e artistas que se alargou desde 2012 e foi gravado entre os Estúdios IÁ de Bernardo Barata e Fred Pinto Ferreira; Alvito com o co-produtor Luís Nunes (Benjamim) e na Sociedade Musical União Paredense (S.M.U.P). Produzido por Joana Barra Vaz, Luís Nunes e José Joaquim de Castro, “Mergulho Em Loba” conta também com a participação dos músicos: Ricardo Jacinto, David Pires, David Santos, João Gil, Ana Nagy, Mário Amândio, Gabriel Correia, e Selma Uamusse com voz convidada em “Tanto Faz”.